• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Cachorro se solta de corrente e ataca vendedora autônoma em Jaboatão: ‘Pensava que ia morrer’


Animal da raça fila-brasileiro mordeu a cabeça e várias partes do corpo da mulher. Ela foi levada para uma unidade de saúde, onde foi medicada. ‘Graças a Deus estou bem’, diz mulher atacada por cachorro no Grande Recife
Uma vendedora autônoma ficou ferida após ser atacada por um cachorro de grande porte na casa de um cliente em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Em entrevista ao g1, Alessandra Oliveira disse que o cão, da raça fila-brasileiro, se soltou de uma corrente e avançou em sua direção, dando mordidas na cabeça, nas mãos, nas coxas e nas pernas.
“É um trauma que a pessoa pega. Pensava que ia morrer ali. Estava sem forças já. Um animal enorme em cima de você… Você acha que vai morrer”, disse a comerciante.
✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 PE no WhatsApp.
O ataque aconteceu na tarde de quinta-feira (23), no bairro de Marcos Freire. Alessandra disse que costuma passar pelo local, onde vende alimentos para operários que trabalham numa obra no terreno da tutora do animal.
“Paro lá para vender aos clientes e é numa casa em frente, num terreno, que normalmente ele (o cachorro) fica preso. (…) Quando eu chegava, ele sempre latia. Dessa vez, conseguiu se soltar e foi para cima de mim”, contou Alessandra.
American Bully XL: o cão que foi banido do Reino Unido após uma série de ataques fatais
Segundo a comerciante, um dos pedreiros tentou defendê-la, mas o animal continuou com os ataques. De acordo com Alessandra, o cão só parou de mordê-la quando uma cadela da raça pitbull, criada pela mesma tutora, se aproximou.
“É bem mansinha, a pitbull. Enquanto o cachorro estava me atacando, a pitbull foi para cima do fila. Ele se entreteve com a cachorra, e a dona me chamou para dentro de casa”, contou.
Alessandra explicou que a tutora dos animais pediu um carro de aplicativo para levá-la a uma unidade de saúde e, no momento em ela que estava entrando no veículo, o cachorro tentou atacá-la novamente. As duas seguiram até a UPA de Engenho Velho, onde a vítima foi medicada e, em seguida, recebeu alta.
“Ela (a dona) só estava com ele há dois meses. Pegou com dez meses, o cachorro tem um ano. (…) Ela disse que se desfez [do animal], parece que entregou para o antigo dono dele”, informou a vítima.
Fila-brasileiro deu mordida na cabeça de vendedora em ataque ocorrido em Jaboatão dos Guararapes
Reprodução/WhatsApp
VÍDEOS: mais vistos de Pernambuco nos últimos 7 dias

Adicionar aos favoritos o Link permanente.