• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Transporte de vegetal ameaçado de extinção gera multa exorbitante contra motorista em SC

Um motorista foi multado em mais de R$ 90 mil por transportar mais de 200 cabeças de um vegetal ameaçado de extinção em Rodeio, no Vale do Itajaí. O caso aconteceu no início da tarde desta segunda-feira (22), no bairro Glória.

Transporte de vegetal ameaçado de extinção gera multa exorbitante contra motorista em SC – Foto: Polícia Militar/Reprodução ND

A Polícia Militar realizava uma operação de barreira na Rua Presidente Kennedy quando visualizou um carro VW Gol, conduzido por um homem de 40 anos, transportando um grande quantidade de palmito.

Motorista foi multado por transportar vegetal ameaçado de extinção

A guarnição abordou o veículo e verificou seu interior, sendo localizado 218 cabeças de palmito Juçara, considerado ameaçado de extinção. Questionado, o motorista do carro disse que o produto foi carregado na região de Morro Azul, em Timbó.

Segundo seu relato, o proprietário da localidade teria autorização e projeto para corte e manejo do vegetal. Contudo, ele não possuía o DFO (Documento de Origem Florestal) para transporte.

O motorista disse aos policiais que o documento não foi confeccionado pois no momento em que a carga ficou pronta, a responsável pela empresa teve que se ausentar por motivos de saúde.

Mais de 200 cabeças do vegetal foram encontradas pela Polícia Militar durante uma operação em Rodeio, no Vale do Itajaí – Foto: Polícia Militar/Reprodução ND

A Polícia Militar Ambiental foi acionada e realizou os procedimentos cabíveis. As 218 cabeças de palmito Juçara foram apreendidos e o motorista do carro multado em R$ 98.100,00.

Palmito Juçara

A planta é nativa da Mata Atlântica brasileira e faz parte da cadeia alimentar de diversas espécies da fauna silvestre. Conforme a Agência Brasil, aves como tucanos, jacutingas, jacus, sabiás e arapongas são os principais responsáveis pela dispersão das sementes, e mamíferos como cotias, antas, catetos e esquilos se beneficiam das suas sementes e frutos.

Em decorrência de exploração descontrolada para a retirada do palmito, a palmeira se tornou restrita a poucas Unidades de Conservação e áreas protegidas particulares.

A espécie Euterpeedulis Martius também é conhecida pelos nomes de içara, palmito-doce, palmiteiro, ensarova, ripeira, entre outros.

 

 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.