• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Mulher é indiciada por maus-tratos após se mudar e deixar cão paraplégico preso em casa de SC

Uma mulher, que não teve idade informada, foi indiciada pelo crime de maus-tratos após se mudar e abandonar um cão paraplégico na sacada da residência onde morava, em Palhoça, na região da Grande Florianópolis. Outros dois cachorros que viviam presos no local também foram resgatados.

‘Chocolate’ é paraplégico e vivia preso em ambiente sujo e sem acesso à comida – Foto: PCSC/Divulgação/ND

Cão paraplégico não tinha alimento e água

De acordo com a DPA (Delegacia de Proteção a Animais Domésticos) da PCSC (Polícia Civil de Santa Catarina), a investigação foi concluída e apontou que a tutora se mudou logo após deixar os cães presos na casa sem qualquer tipo de acesso a alimentação e água.

Em depoimento à polícia, a mulher afirmou que o irmão dela teria ficado responsável por voltar à residência e buscar os animais, mas a versão citada não foi aceita pela PCSC, já que imagens coletadas durante a investigação e até depoimentos mostraram que as alegações eram falsas.

Ainda segundo a Polícia Civil, o cão paraplégico e os outros dois animais, todos SRD (Sem Raça Definida), viviam em um espaço descoberto, sem abrigo de sol e chuva.

Polícia identificou animais comendo potes de plástico por falta de alimentação adequada – Foto: PCSC/Divulgação/ND

Vizinhos denunciaram caso de maus-tratos à polícia

Conforme o boletim da PCSC, a denúncia foi feita pelos vizinhos que identificaram os animais vivendo em meio a sujeira e até se alimentando dos próprios comedouros de plástico.

A antiga tutora foi indiciada pelo crime de maus-tratos qualificado contra os cães, com pena de até 5 anos de prisão, além do pagamento de multa. O documento foi encaminhado para o Poder Judiciário.

‘Baunilha’ foi encaminhado a lar temporário junto com os outros cães resgatados – Foto: PCSC/Divulgação/ND

‘Chocolate’, ‘Baunilha’ e ‘Lord’ foram acolhidos por uma protetora de animais e encaminhados para lar temporário. Os três cães já estão disponíveis para adoção responsável.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.